sexta-feira

"(...) Depois, e antes de me lançar na prostituição, resolvi estudar... sim, não me olhe espantado... lia de tudo... tinha chegado à conclusão lendo romances, de que o homem admitia extraordinárias faculdades de amor na mulher culta... não sei se me explico bem... ou seja, a cultura era um disfarce que valorizava a mercadoria..."
 
 
Coisas que guardo nos favoritos: Daqui 'Dias Felizes' (Livro)
 
 
 

4 comentários:

Giuliano Quase disse...

Bom o trecho!

cê já leu Hilda Hilst?

Beatrix Kiddo disse...

já ouvi falar mas nunca li. por onde começo?

Giuliano Quase disse...

Comece pelo caderno rosa de lory lambi.

=]

bj.

Mónica disse...

a realidade escondida do anónimo também é sintomática