quinta-feira

Heaven knows I'm miserable now

"Voltei para casa. Acabava de viver o primeiro de Janeiro dos homens velhos, que nesse dia se distinguem dos novos, não porque já não lhes dêem presentes, mas porque já não acreditam no Ano Novo. Presentes tinha-os eu recebido , mas não o único que me teria dado prazer, e que seria um bilhete de Gilberte. E, no entanto, apesar disso, eu era ainda novo, pois havia conseguido escrever-lhe um, graças ao qual esperava, ao contar-lhe os sonhos solitários da minha ternura, despertar nela outros semelhantes. A tristeza dos homens que envelheceram está em nem sequer pensarem em escrever tais cartas, cuja ineficácia já conhecem."

6 comentários:

josé luís disse...

contribuição modesta para a banda sonora:
http://youtu.be/uygG4DdGw0c
;)

Beatrix Kiddo disse...

I hate The Smiths

O que não me impede de ir lá buscar títulos eheh

josé luís disse...

i love the smiths

(o que não me impede de ir lá buscar videos para pessoas que os odeiam eheh)

Mónica disse...

q pessimista :DD as cartas são sempre eficazes, não acredito que uma carta/recado/sms/whatever deixe alguém indiferente


qto aos smiths i love them eheheheh

Beatrix Kiddo disse...

indiferentes n devem ficar, mas pode funcionar para o lado oposto do pretendido eheh

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.