segunda-feira

Escolhamos então

"O prazer gasta-nos. O trabalho fortifica-nos. Escolhamos.
Quanto mais nos servimos de um destes meios, mais o outro nos inspira repugnância."

5 comentários:

Cuca disse...

Eu acho que o prazer fortifica-nos e o trabalho gasta-nos. Não se pode confiar em poetas para avaliar estas coisas dos efeitos do trabalho. :)

via disse...

é dinâmico, é incrível o baudelaire ter esta visão tão judaico cristã.

Mónica disse...

q frase tão parva, baudelaire tá out, os escravos/explorados devem sentir-se fortissimos não?

isto cheira-me a religião

Beatrix Kiddo disse...

quanto mais trabalho mais impressão me faz aqueles que parece só se dedicarem à 'boa vida', quanto mais me entrego à boa vida mais olho de lado aqueles que 'trabalham tanto'

Mónica disse...

ainda assim. o trabalho é uma necessidade, quem estiver dispensado dela é q pode dedicar-se à "boa vida"