quinta-feira

O punho da porta do quarto de infância

"Aquele punho da porta do meu quarto, que para mim era diferente de todos os outros punhos de porta deste mundo, pelo facto de parecer que abria sozinho sem que eu tivesse necessidade de o girar, de tal modo o seu manejo se me tinha tornado inconsciente..."


3 comentários:

josépacheco disse...

Aaaah! Que maravilha, hein? A mínima descrição é sumptuosa. Lendo-o...?

Beatrix Kiddo disse...

Lendo-o? não, devorando-o, e desta vou ler os 7 :)

Ana Luísa disse...

Há uns, o punho da porta do meu quarto assustava-me tremendamente. Agora... Agora fiquei curiosa para conhecer este :)